Ortopedia e Reumatologia

A terapia injetável na ortopedia e reumatologia traz importantes resultados tanto na prevenção e manutenção, quanto no tratamento de situações crônicas ou avançadas, principalmente aquelas associadas a dores.

O Tratamento baseia-se em ativos com ações: Manutenção da saúde óssea e articulações. Recuperação de fraturas ou osteoporose avançada. Melhora de dores articulares, osteoartrite, artrite. Ação antioxidante e anti-inflamatória. 

ATIVOS EMPREGADOS

 

Ácido Hialurônico O Ácido Hialurônico é um polissacarídeo da família das Glicosaminoglicanas (GAG’s), naturalmente presente na derme, proporcionando um efeito positivo de visco-elasticidade que se deve a sua cadeia polianiônica e ao seu alto peso molecular. Controla o nível de hidratação na derme e o tônus dos tecidos da pele. Colabora na manutenção do colágeno. Proteção dos tecidos subcutâneos pela limitação da difusão de certas substâncias (toxinas, bactérias). Além das propriedades lubrificantes. Na aplicação Intra articular, visa restaurar as propriedades reológicas do líquido sinovial, com objetivo mecânico, analgésico, anti-inflamatório e condroprotetor.
Ácido Pantotênico Vitamina B5 (Ácido Pantotênico) B5 participa da estrutura molecular da coenzima A, portanto sua ação esta ligada a reações metabólicas fundamentais do organismo. Alterações na Coenzima A podem dificultar a conversão de macronutrientes em energia. Ela também desempenha um papel na produção de glóbulos vermelhos, hormônios e reguladores de nervos. È necessária para a absorção de aminoácidos e acetilcolina e trabalha em estreita colaboração com a biotina e as vitaminas B1, B2, B3 e B6.

O Ácido Pantotênico é fator relevante na síntese do cortisol e corticosteróides. Faz parte da colina acetil-transferase, enzima que transforma a colina em acetilcolina, neurotransmissor básico na formação da memória.

Artrite reumatóide: Há evidências muito preliminares sugerindo que os suplementos de ácido pantotênico podem ajudar reduzir os sintomas da artrite reumatóide.

Baicalina Flavonóide de origem vegetal, a Baicalina é um composto polifenólico pertencente à família das flavonas. Baicalina é um composto natural derivado de Scutellaria baicalensis que possui propriedades anti-inflamatórias em muitas doenças. A ação anti-inflamatória da Baicalina é percebida  a nível articular. Sua administração permite aliviar as articulações com artrite e artroses, como as da bacia e dos joelhos (gonartroses). Substitui com excelência os AINS ou demais tratamentos clássicos, sem os efeitos colaterais indesejados que ocorrem nessas classes citadas.

Estudos realizados demonstraram que a baicalina possue funções anti-inflamatórias inibindo a hiperpermeabilidade, a expressão de CAMs e a adesão e migração de leucócitos, endossando sua utilidade como terapia para doenças inflamatórias vasculares. No processo inflamatório, Baicalina é capaz de inibir especificamente a expressão de TLR2 / 4-NOD2, inibir a expressão de fatores inflamatórios IL-1beta, IL-6 e TNF-alfa, reduzindo assim a lesão das células do tecido durante o curso da doença.

Carnitina-L É uma amina quaternária sintetizada no organismo a partir de dois aminoácidos essenciais, lisina e metionina, exigindo para sua síntese a presença de ferro, ácido ascórbico, niacina e Vitamina B6 e B12. Participa no transporte dos ácidos graxos de cadeia longa através da membrana interna mitocondrial. Mantêm a atividade da musculatura lisa periférica e da musculatura estriada não voluntaria; aumenta a forca muscular, principalmente em pacientes com desordens musculares. Previne a perda óssea: A L-Carnitina pode ajudar a reduzir a perda de massa óssea, uma vez que aumenta os níveis de osteocalcina, uma proteína secretada pelos osteoblastos (células ósseas) que atua na mineralização da matriz óssea. Substrato para a reciclagem de ATP e geração de energia. Ação antioxidante.
Citrulina Malato A citrulina malato é um composto constituído a partir da citrulina, um aminoácido não-essencial, e do malato, um derivado da maçã. Essa combinação intervém no ciclo de Krebs eliminando uréia e outros resíduos tóxicos. Aumenta ATP celular e a produção de óxido nítrico endógeno. Potencializa a ação de qualquer outro ativo associado a ele. Ação: Antioxidante; Antiglicante; Aumento da sensibilidade ao cálcio do aparato contrátil. O malato também promove a reciclagem de lactato e piruvato promover a produção eficiente de energia e proteger os músculos da fadiga. Potencializa qualquer ativo associado a ela.
Cobre Elementar Componente essencial em dezenas de sistema enzimáticos, responsáveis pela produção de energia, ação antirradical livre, integridade do colágeno e formação de melanina e elastina. O cobre participa do metabolismo do ferro e da síntese da hemoglobina, sendo necessária a incorporação do ferro ao grupamento heme. Clinicamente, os baixos níveis de cobre estão associados a diversos distúrbios, dentre eles,  desmineralização, fraturas e deformações nos ossos, dores articulares e baixa imunidade. O cobre é um cofator essencial a atividade do citocromo C oxidase, lisil oxidase, ferroxidase, SOD, catalase, tirosinase, MAO, ácido ascórbico oxidase, uricase, dopamina hidroxilase, ureidosuccinase e descarboxilase oxaloacética.
Cofatores Mitocondriais de Vitaminas Complexo com função ativadora do metabolismo celular. Blend composto de vitaminas B1, B2, B3, B6, B9 e B12. Essas associações de vitaminas são cofatores imprescindíveis para a atividade enzimática e produção de neurotransmissores, cofatores mitocondriais e formação de serotonina, do GABA, do NADH e na conversão de colina em AcetilColina. Auxiliar na melhora das dores musculares.    
Colágeno Benefícios para a saúde das articulações e ossos e pele. Fonte de aminoácidos hidrolisados indicados como nutrientes nos casos de pós-operatório, sarcopenia, desnutrição. Agente eutrófico. É sintetizado pelos fibroblastos e secretado no espaço intercelular na forma de colágeno solúvel. Considerado uma proteína chave do organismo, que assegura a coesão, elasticidade e regeneração da pele, cartilagens e ossos. Saúde dos ossos: A administração de colágeno pode ser uma boa alternativa para manter a estrutura óssea, pois estimula a produção endógena de colágeno por células ósseas conduzindo alguns elementos no mecanismo. Artrite é uma doença que atinge, na maioria dos casos, idosos e atletas. A forma mais comum da artrite é a osteoartrite, que é uma decomposição crônica da cartilagem nas articulações, conduzindo à imobilidade e à dor. A administração de colágeno estimula a produção endógena de colágeno, assegurando o conjunto de aminoácidos e peptídeos úteis para a síntese do colágeno pelos condrócitos (células da cartilagem). O colágeno é suporte nutricional para: Osteoartrose; Dor articular; Degeneração de matriz articular; Osteopenia; Perda de firmeza óssea.
Complexo B Indicado de carência múltipla de vitaminas do Complexo B e suas manifestações. Tem ação reguladora das carências quando já existem manifestações clínicas causadas pela deficiência vitamínica. É essencial na produção de energia celular. As vitaminas do complexo B participam de sistemas enzimáticos essenciais para o metabolismo energético de carboidratos, proteínas, lipídeos e ácidos nucléicos. Função ativadora do metabolismo celular. Precursor na produção de diversos co-fatores enzimáticos.
Condroitina Sulfato Glicosaminoglicana endógena, parte estrutural para a formação da estrutura da matriz articular, pertence a família de heteropolissacarídeos, também conhecidos como glicosaminoglicanas (GAGs). Evidências demonstram que o uso de condroitina por longo período pode retardar o estreitamento do espaço entre as articulações, sugerindo que também, retarda a progressão da doença. Melhora o líquido intra-articular. Propriedades: Ação anti-inflamatória sem inibir a síntese de prostaglandinas, além de restabelecer as funções da matriz da cartilagem articular. Antiosteoporótico, Antiartrítico, Antiartrósico. A condroitina pode exercer um leve e direto efeito antiinflamatório independente do mecanismo dos medicamentos anti-inflamatórios não-esteroidais (AINEs), tais como ibuprofeno e indometacina. Outros estudos sugerem que se uma quantidade suficiente de condroitina for utilizada pela célula para produção de proteoglicanas, a síntese da matriz poderia ocorrer e a cartilagem assim, seria regenerada.
Glutationa Ação antioxidante eliminando radicais peróxidos e aldeídicos, agindo principalmente na prevenção de doenças e envelhecimento. Produto “coringa” pode e deve ser associado a qualquer outro ativo de solubilidade em meio aquoso. A L-Glutationa, também conhecida pela sigla GSH, é produzido pelo fígado e é formado por Glu-Cys-Gly. Potente ação antioxidante contra radicais livres. Atua como neurotransmissor e neuromodulador. Auxiliar no combate a doenças oportunistas decorrentes do estresse oxidativo. Esta envolvida na síntese de proteínas, prostaglandinas e síntese de DNA. Proteção Muscular contra o estresse oxidativo.
Manganês Sulfato Mineral responsável por ativar enzimas envolvidas na síntese de tecido conjuntivo, na regulação dos níveis de glicose (hipoglicemiante), na proteção das células contra radicais livres (principalmente células hepáticas) e na regulação da fisiologia neuro-hormonal. Atua formação do colágeno e da uréia; na síntese de vários neurotransmissores, dos ácidos graxos, do colesterol, do GABA, na formação e desenvolvimento dos ossos, cartilagens e tendões, na produção da protrombina e do ATP. Melhora os reflexos musculares. Um catalisador importante na conversão da glucosamina em condroitina sulfato, forma necessária para a cartilagem ser estimulada a crescer. Seu papel na artrite reumatóide vem da ação das enzimas que faz parte, que entram na síntese de colágeno, ácido hialurônico e de outros constituintes das cartilagens das articulações.
Metilcobalamina A Metilcobalamina é a forma ativa da vitamina B12. Atua como cofator para a síntese da metionina, através da conversão de homocisteina em metionina, reduzindo os níveis de homocisteina no sangue. A Metilcobalamina atua como doadora de grupos metil e participa na síntese de SAME (S-adenosilmetionina). Utilizado no tratamento de doenças degenerativas e dores musculares. Atua como doador de grupos metil, aumentando o número de células metiladas deficientes. Atua na regeneração dos terminais nervosos motores.  Atua com propriedade em dores crônicas.
Metionina-L Aminoácido essencial usado como suplemento dietético e como hepatoprotetor, principalmente como alternativa a acetilcisteina. Também é utilizado para estimular a síntese de glutation, diminuir pH urinário e como coadjuvante ao tratamento de distúrbios hepáticos. Nutricionalmente essencial. É um aminoácido sulfurado. Juntamente com L-Cistina é a principal fonte de enxofre orgânico para o organismo. A Metionina é um aminoácido com propriedade antioxidante. Auxilia no alívio de sintomas de artrite e reumatismo.
MSM Endovenoso Fonte de enxofre, importante na manutenção da elasticidade e flexibilidade dos tecidos e articulações e para síntese de aminoácidos pelo organismo. Melhora a absorção de vitaminas. Possui também propriedades analgésicas e anti-inflamatórias. É um potente agente antioxidante, antiflogístico e substrato para regeneração de cartilagem. Possui baixa capacidade quelante, porem, quela grupos SH. MSM é derivado do DMSO. O DMSO, dimetilsulfóxido, é um agente antiinflamatório. O enxofre é necessário à síntese de colágeno, juntamente com a vitamina B1, vitamina C, biotina e acido pantotênico. É também muito importante na construção de aminoácidos metionina e cisteína. Acredita-se que o MSM alivia a dor por diversos mecanismos de ação. Possui ação analgésica, indicada na osteoartrite. Ajuda a manter elasticidade e flexibilidade do tecido conectivo e cartilagens das articulações. Antioxidante e antiinflamatório. Inibi a transmissão de impulsos da dor ao longo das fibras nervosas do tipo C, aumenta o fluxo do sangue. Ação detoxificante.
Nandrolona Decanoato de nandrolona é um esteróide anabolizante sintético. Melhora das articulações: possui elevado potencial para acumular líquidos em tecidos conectivos, fazendo com que seu uso se propague para a melhora nas articulações ou prevenção de injúrias nas mesmas.

Atividade sobre a massa óssea: no que tange ao sistema esquelético, a nandrolona tem a capacidade de auxiliar no aumento dos níveis de densidade óssea.

Reversão da Sarcopenia: indicado para aumentar a massa corporal magra, no caso de balanço negativo de nitrogênio. Também pode ser utilizado para aumentar a massa óssea em caso de osteoporose (perda de tecido ósseo), principalmente em mulheres em declínio gonadal.

Picnogenol (Pinus Pinaster) É obtido das cascas de Pinus marítima. Sua constituição inclui procianidinas monoméricas e poliméricas, glicosídeos fenólicos e ésteres de ácidos orgânicos, além de cálcio, potássio e ferro com traços de magnésio, zinco e cobre. Potente antioxidante e anti-inflamatório. Atua no combate dos radicais livres, hidroxila e superóxido.  As atividades anti-inflamatórias do ativo foram demonstradas in vitro e in vivo. Diversos estudos demonstraram que Pinus Pinaster causa ação vaso relaxante dependente do endotélio e diminui a quantidade de substâncias inflamatórias circulantes na corrente sanguínea. Atua na inibição da liberação de histamina e liberação de mediadores da inflamação. Atua na inflamação em casos de artrite e diminuição dos marcadores inflamatórios na orteoartrite. As atividades antioxidantes do ativo foram demonstradas in vitro e in vivo. Sua atuação antioxidante no combate ao estresse oxidativo é através do estímulo à produção de antioxidantes endógenos, supressão de radicais livres, capacidade de agir diretamente em espécies reativas de oxigênio e nitrogênio, também reciclagem da vitamina C e regeneração da vitamina E, por ser um composto rico em ácidos fenólicos, procianidinas, catequinas e outros marcadores fotoquímicos. Prevenção de cãibras e auxiliar na diminuição de dores musculares.
PQQ A Pirroloquinolina quinona (PQQ) é uma quinona triclíclica que funciona como uma coenzima em várias reações óxidos redutase bacterianas. Também conhecida como metoxantin é considerada 100 vezes mais potente que a vitamina C. Antioxidante. Auxiliar no tratamento da Fibromialgia e fadiga crônica. A função mitocondrial deprimida é observada em pacientes com dores e fadiga crônica. As células têm uma concentração reduzida de ATP e, portanto, energia esgotada. Isso resulta em fadiga, dor muscular. PQQ tem função de estimulador de biogênise mitocondrial, aumento os níveis de energia.
Prolina-L Aminoácido não essencial importante para a síntese de colágeno e importante para a saúde celular. Possui ação extremamente importante ao funcionamento das articulações, tendões e músculo cardíaco.

A Prolina é sintetizada a partir do glutamato ou da ornitina. Sua síntese a partir do ácido glutâmico esta ligada ao metabolismo dos carboidratos no ciclo de Krebs e a síntese pela ornitina esta ligada ao metabolismo das proteínas no ciclo da uréia.  Glicogênico. Forma L-Ácido Glutâmico e L-Ornitina através do ácido pirrolinocarboxílico.

SAME SAMe é uma substância presente naturalmente no corpo humano e envolvido em múltiplas vias bioquímicas cruciais. Doador de metil universal em mais de 100 reações de metiltransferase. Entre outras funções, tem fundamental importância na formação de proteínas, e biossíntese de hormônios e neurotransmissores. É um metabólito intracelular endógeno do aminoácido essencial L metionina, formado pela reação entre a L metionina e o trifosfato de adenosina. O SAMe é produzido pelo organismo, a partir de ATP e do aminoácido Metionina. O S adenosil L metionina disulfato tosilato é a forma mais estável de ademetionina, a qual é utilizada terapeuticamente. Na Osteoartrite, o SAMe é efetivo para diminuição da dor e da inflamação, pois causa uma diminuição da rigidez matinal, diminuindo a dor e reduzindo o inchaço. Estudos também sugerem que ele apresenta menos efeitos colaterais que os AINEs. Auxiliar na manutenção da saúde dos ossos e articulações. Ação antiinflamatória e analgésica em osteoartrite.
Selênio Importante mineral para o tratamento de doenças musculares. Tem efeito antioxidante (principalmente na destruição de peróxidos) e é fundamental para o bom funcionamento do sistema imunológico. Participa na prevenção de processos degenerativos. Possui ação antioxidante. Importante mineral para o tratamento artrite reumatóide, distrofia muscular, efeito antiinflamatório.
Silício Orgânico O silício (Si) é um mineral extremamente importante presente em vários tecidos do corpo humano. O Silício Orgânico tem papel essencial na formação estrutural da derme através do aumento da síntese de colágeno, elastina, estabilização e capacidade de aumento da síntese de glicosaminoglicanos (GAGs).  Atua também na manutenção da elasticidade das paredes dos vasos e aumento da fixação de cálcio no tecido ósseo. Atua na prevenção da osteoporose, sendo essencial na síntese, manutenção da integridade das cartilagens, articulações, ligamentos e tendões. Aumenta a densidade mineral óssea; Fundamental para a fixação de cálcio nos ossos; Fortalece o sistema osteomuscular em idosos; Protege as articulações, ligamentos e tendões em atletas. Consolidação de fraturas, artralgias, mialgias, tendinites, artrite, artose, osteosporose. Imprescindível para manter a saúde das articulações diminuindo a dor, rigidez, inflamação e a gradual regeneração da cartilagem das articulações afetadas.
Ubiquinol Ubiquinol é a Coenzima Q-10 na sua forma reduzida. Por ser extremamente sensível a oxidação, este tem um alto poder antioxidante nas mitocôndrias e membranas lipídicas, eliminando os radicais livres. Potente antioxidante. Atua na membrana mitocondrial, neutralizando os radicais livres, a partir de reações de oxidorredução.
Vanádio Estudos indicam como uma das funções do Vanádio seu importante papel na ligação da insulina no seu receptor intracelular, no crescimento, na mineralização óssea e na higidez das cartilagens.
Vitamina B6 Importante para o sistema nervoso central, por ser uma coenzima na transaminação, e descarboxilação de aminoácidos, ajudando o cérebro a produzir neurotransmissores vitais ao seu funcionamento. Esta relacionada ao aumento da longevidade e recuperação do estresse. Qualquer reação química envolvida na síntese de neurotransmissores é B6-dependente. A função básica da piridoxina é atuar como coenzima em inúmeras transformações metabólicas envolvendo aminoácidos. É cofator para produção de ATP. Coenzima necessária para produção de neurotransmissores vitais ao seu funcionamento. Funciona melhor para o metabolismo de aminoácidos, além de participar da quebra do glicogênio muscular. Auxiliar na melhora das dores musculares.
Vitamina B12 A vitamina B12 tem um papel na síntese da dopamina, serotonina, epinefrina, histamina e GABA. Esta relacionada ao tratamento de deficiências cerebrais por lesões SNC e processos degenerativos, principalmente desmielinizantes do sistema nervoso periférico, uma vez que a Vitamina B12 é essencial para a síntese dos lipídeos da bainha de mielina. A síntese diária do SAME (S-adenosil metionina) substância importantíssima na regeneração e prevenção ao envelhecimento do SNC esta na dependência do ácido fólico e da vitamina B12. Auxiliar no tratamento da osteoporose. A vitamina B12 também desempenha papel importante na formação das células que compõem os ossos.
Vitamina C Eutrófico. Essencial para a síntese de colágeno e material intercelular, combate radicais livres e estimula a síntese de colágeno e glicosaminoglicanos. Poderoso antioxidante. Transforma radicais livres de oxigênio em formas inertes. Favorece a formação de ossos. A Vitamina C, também conhecida como ácido ascórbico, é uma das 13 principais vitaminas que fazem parte de um grupo de substâncias químicas complexas necessárias para o funcionamento adequado do organismo. É uma das vitaminas hidrossolúveis, o que significa que seu organismo usa o que necessita e elimina o excesso.
Vitamina D3 Vitamina indispensável para absorção intestinal do cálcio, estando diminuída nos idosos; previne a perda de massa óssea; adjuvante de hormônios e bifosfonatos. Mantenedor de cálcio e fósforo sérico; atua como imunoestimulante; estimula os macófagos humanos. Possui atividade antioxidante e antimitogênica. Atua na síntese de interleucinas inflamatórias Ações: Regulador da fisiologia osteomineral; Adjuvante de hormônios e bifosfonatos; Está envolvida na homeostase de vários outros processos celulares; Modulação do sistema imune; Tratamento de artrite reumatóide, dentre outras. Renovação celular e auxilia na promoção da síntese de colágeno. Crescimento e manutenção dos ossos.
Vitamina D3/A Ação importante já conhecida da Vitamina D3 e Vitamina A com o benefício da sinergia entre elas elevando as propriedades antioxidantes. As Vitaminas D e A competem por várias funções metabólicas no organismo, e quando estão presentes em um dado sítio em uma relação fisiológica (1/10), sinergizam os seus efeitos e funções. As transcrições da vitamina D requerem a presença da Vitamina A. As vitaminas D e A é uma associação antiga e indispensável. Elas devem ser suplementadas juntas para não criar uma deficiência “funcional” de qualquer uma delas. Atua como imunoestimulante. Possui atividade antioxidante e antimitogênica. Está envolvida na homeostase de vários outros processos celulares. Modulação do sistema imune; Melhora a absorção de outras vitaminas e minerais, dentre outros. Atua como potente antioxidante e neutralizante de radicais livres. outros processos celulares; Modulação do sistema imune; Tratamento de artrite reumatóide, dentre outras. Renovação celular e auxilia na promoção da síntese de colágeno. Crescimento e manutenção dos ossos.
Vitamina mK7-2 As descobertas científicas relacionadas a propriedades da vitamina K2 representam um grande avanço na prevenção e tratamento de inúmeras doenças como Artrite Reumatóide, Artrose, Parkinson, entre outras; Potente antiinflamatório; Possui atividade anti aromatase; Ativa a osteocalcina; Fortalece a estrutura óssea, reduzindo e prevenindo a osteoporose e fraturas.
Vit 4 (A/D3/E/K2) Importante pool de Vitaminas lipossolúveis necessárias para inúmeros processos em nosso organismo e restauração da homeostase metabólica. As vitaminas lipossolúveis são aquelas que são solúveis em gordura. Essas vitaminas destacam-se por serem capazes de se acumularem no fígado e também no nosso tecido adiposo. Tem importante papel na estrutura celular. Na parte óssea, fortalece os ossos devido capacidade das vitaminas A, D3 e Mk7-2 remodelarem a estrutura óssea. Já a suplementação de Vit E demonstrou em estudos, redução do risco de fraturas.
Zinco Sulfato O zinco é necessário para mais de 200 enzimas diferentes no cérebro e no corpo, incluindo aquelas envolvidas na divisão e replicação celulares, na função do sistema imunológico e na síntese de ácido graxo poli-insaturado (EPA e DHA). Necessário para o bom funcionamento das metaloenzimas, incluindo anidrase carbônica, carboxipeptidase A, desidrogenase alcoólica, fosfatase alcalina e RNA polimerase. É também requerido para manutenção da estrutura dos ácidos nucléicos, proteínas e membranas das células. O zinco possui propriedades anti-inflamatórias e antioxidantes. Estudos relataram que a suplementação de zinco diminui os níveis de proteína C reativa (PCR) em humanos. Da mesma forma, o zinco demonstrou efeitos protetores contra a peroxidação lipídica. Auxilia na preservação do DNA, produção de hormônios e de prostaglandinas. Melhora quadros de artrite reumatóide em quadros de deficiência.
CONTATO